Informativos

 

Newsletter

Cadastre-se e receba boletins informativo em seu e-mail







Siga-nos


 

Avançam os ataques de Temer ao BB
Segunda, 08 Janeiro 2018 13:17

O governo Temer ataca o Banco do Brasil novamente com mais uma reestruturação. O PAQ (Programa de Adequação de Quadros), anunciado no início desta sexta-feira (05/01) quando os funcionários chegavam ao trabalho, têm causado apreensão.

A nova reestruturação - parte do desmonte do banco público - certamente vai piorar a situação nas unidades, porque pode reduzir o quadro de pessoal, aumentando a sobrecarga e precarizando o atendimento. Não é só isso, o número de cargos comissionados, que impacta diretamente na remuneração do bancário, também pode cair. O cenário mostra que 2018 será de muita luta e a unidade é fundamental.

Primeira reestruturação

Não é a primeira vez que o governo Temer ataca o Banco do Brasil. Em 2016, anunciou a redução do quadro de funcionários, através do programa de aposentadoria incentivada, e o fechamento de centenas de agências.

Desde então, mais de 500 unidades deixaram de prestar atendimento, deixando muita gente na mão. Em outras, a demanda aumentou consideravelmente, adoecendo os bancários. Houve também mudança interna e diversas funções foram extintas. Desta forma, o banco é dilapidado e preparado para ser entregue ao grande capital privado.

Fonte: Seeb Bahia.

 

 

Parceiros








Sede:
Rua da Vitória, 17
Leader - Jacobina - BA
CEP: 44700-000 Fone: 74 3621-2044 Fax: 74 3621-3446